Para que serve o comando TRACERT OU TRACEROUT?

Modo de funcionamento do comando TRACERT

// O utilitário de diagnóstico TRACERT determina a rota percorrida até um destino, enviando pacotes de eco do protocolo de mensagens de controlo da Internet (ICMP, Internet Control Message Protocol) com valores TTL (Time-To-Live) de IP diferentes para o destino. Durante o percurso, cada router terá que diminuir o TTL de um pacote em, pelo menos, 1 valor antes de o reencaminhar, de modo a que o TTL seja, na realidade, uma contagem de saltos. Quando o TTL de um pacote atingir 0, o router deverá enviar uma mensagem “ICMP Time Exceeded” (limite de tempo excedido de ICMP) para o computador de origem.

O comando TRACERT determina a rota enviando o primeiro pacote de eco com um valor TTL igual a 1 e aumentando o TTL em 1, em cada uma das transmissões subsequentes, até que o destino responda ou que seja atingido o valor máximo de TTL. A rota é determinada examinando as mensagens “ICMP Time Exceeded” enviadas por routers intermédios. Tenha em atenção que alguns routers procedem à entrega de pacotes com valores TTL expirados sem emitir qualquer aviso, não sendo detectados pelo TRACERT.

O comando TRACERT imprime uma lista ordenada de routers existentes no caminho que devolveu a mensagem “ICMP Time Exceeded”. Se o parâmetro -d for utilizado (instruindo o TRACERT no sentido de não efectuar uma pesquisa de DNS em cada endereço IP), será comunicado o endereço IP da interface mais próxima dos routers.

No exemplo que se segue, o pacote terá de percorrer dois routers (157.54.48.1 e 11.1.0.67) para chegar ao anfitrião 11.1.0.1. Neste exemplo, o gateway predefinido é 157.54.48.1 e o endereço IP do router na rede 11.1.0.0 é 11.1.0.67.

C:\>tracert 11.1.0.1

Tracing route to 11.1.0.1 over a maximum of 30 hops

   1     2 ms     3 ms     2 ms  157.54.48.1
   2    75 ms    83 ms    88 ms  11.1.0.67
   3    73 ms    79 ms    93 ms  11.1.0.1

   Trace complete.

Resolução de problemas com o TRACERT

// O comando TRACERT pode ser utilizado para determinar o ponto onde um pacote parou na rede. No exemplo que se segue, o gateway predefinido determinou que não existe um caminho válido para o anfitrião em 22.110.0.1. É possível que exista um problema de configuração do router ou que a rede 22.110.0.0 não exista (um endereço IP incorrecto).

C:\>tracert 22.110.0.1

   Tracing route to 22.110.0.1 over a maximum of 30 hops

   1  157.54.48.1  reports: Destination net unreachable.

   Trace complete.

O comando TRACERT é útil para a resolução de problemas detectados em redes de grandes dimensões, nas quais é possível percorrer vários caminhos para chegar ao mesmo ponto ou em que estão envolvidos muitos sistemas intermédios (routers ou bridges).

Sintaxe de TRACERT

// Existem vários parâmetros da linha de comandos que podem ser utilizados com o comando TRACERT, mas normalmente não são necessários para resolver problemas normais.

Sintaxe de TRACERT:

tracert [-d] [-h maximum_hops] [-j host-list] [-w timeout] target_name

Parâmetros:

 -d 
      Especifica que os endereços não devem ser atribuídos a nomes de anfitriões.

   -h maximum_hops
      Especifica o número máximo de saltos para procurar o destino.

   -j host-list
      Especifica a rota de origem lata pela lista de anfitriões.

   -w timeout
      Aguarda o número de milissegundos especificado para limite de tempo para cada
      resposta.

   target_name
      Nome ou endereço IP do anfitrião de destino.

Pode utilizar a opção -j para forçar a passagem do datagrama a enviar através de um router específico. Para utilizar a opção -j deste modo, utilize a opção de rota de origem IP. Por exemplo, se escrever tracert NomeAnfitrião, verificará que o caminho utilizado foi o seguinte:

* <router1>
* <router2>
* <router3>
* <router4>
* <nome_anfitrião>

Para localizar o caminho para o router4 e novamente para o computador, escreva tracert -j <router4> <O_meu_computador>.  O caminho para o router4 e novamente para o computador é rastreado.

Neste exemplo, normalmente o caminho é o seguinte:

* <router1>
* <router2>
* <router3>
* <router4>
* <router3>
* <router2>
* <router1>
* <o_meu_computador>

Fonte: http://support.microsoft.com/kb/162326/pt



Um comentário sobre “Para que serve o comando TRACERT OU TRACEROUT?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s